Jovem que passou por 44 cirurgias conta sua história em livro

“Trajetória de um milagre” de Plauto Nogueira da Silva é o resultado de muita luta pela vida; ele nasceu com um problema em que a medula espinhal não se desenvolveu

Com apenas 26 anos de idade, Plauto Nogueira da Silva passou por 44 cirurgias, perdeu o pai em um acidente de trabalho quando tinha apenas 6 anos. Seis meses internado, ficou em coma ao descobrir que estava com uma úlcera.

Continua depois da publicidade

 A história de vida de Plauto será contada em seu livro, em que a vontade viver foi maior que os obstáculos. “O livro trajetória de um milagre nasceu em meu coração aos 8 anos, onde eu tinha um sonho de contar minha história e motivar as pessoas”, disse ele.

Nascido em Pontal com mielomeningocele, que é um defeito congênito em que a medula espinhal do bebê ainda em desenvolvimento não se desenvolve adequadamente, e vítima de paralisia infantil.

Desde seu nascimento até seis anos de idade, ele passava parte do tempo no berçário e outra parte internado no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Na infância, frequentou a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) até os 14 anos. “Fiquei no berçário e fui crescendo lá. Passei por psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogas que me ensinaram a comer e me movimentar sozinho”, conta.

Pouco antes de terminar o terceiro colegial ficou em coma devido a uma úlcera de decúbito. “Eu sempre usei a cadeira de rodas. Como ficava sempre em uma posição só, entrei em um estado muito crítico”, relembra sobre os seis meses que passou internado em 2008, quando passou por 22 cirurgias, teve crises convulsivas e precisou de 22 litros de sangue e plasma.

Escritor

A vida de superação de Plauto está no livro “Trajetória de um milagre”, ainda sem data definida para o lançamento, mas em 2018 ele fez um pré-lançamento na Biblioteca Pública Municipal José Pedro em Pontal. Além de ser homenageado na Câmara Municipal de Ribeirão Preto com uma menção de congratulação.

“Dedico minha vida contando meu testemunho de vida nas igrejas, nas rádios e televisão quando tenho oportunidade. Meu pastor José Amparo Torres e meu líder Jefferson Torres sempre me ensinando a palavra do eterno Deus e me apoiando a levar meu testemunho de vida para as pessoas que muitas vezes se sentem incapazes”, disse ele que também faz palestras motivacionais em escolas.