Jovem pega rabeira em caminhão e morre atropelado em avenida de Ribeirão

Motorista do veículo precisou desviar de outro ciclista, quando adolescente de 16 anos colidiu com a traseira do veículo, bateu a cabeça na sarjeta e morreu

Foto: Divulgação / Governo de São Paulo

Um adolescente, 16, morreu na noite desta segunda-feira (10), após ser atropelado enquanto pegava rabeira na traseira de um caminhão, na avenida Barão do Bananal, na zona leste de Ribeirão Preto. A prática é crime, segundo a Vara da Infância e da Juventude. 

O jovem pegava carona no pára-choque do caminhão, junto a um amigo de 18 anos, enquanto voltavam da escola, na noite desta segunda-feira. Porém, o motorista, que não viu os estudantes, precisou desviar de um outro ciclista e acabou colidindo com os meninos. 

O motorista ouviu um barulho e desceu do veículo para verificar o que tinha acontecido. Ao avistar os jovens, ele ligou para a Polícia Militar. A vítima bateu com a cabeça na sarjeta de uma calçada e morreu no local. Já o estudante teve ferimentos leves e foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foi levado à Unidade de Pronto Atendimento Nelson Mandela (UPA), na região Norte. 

A avenida precisou ser interditada para perícia do ocorrido. O motorista vai responder por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. 

Pegar rabeira 

De acordo com a Vara da Infância e da Juventude, a prática de pegar rabeira pode ser enquadrada como crime de periclitação, quando oferece risco à própria vida e a de terceiros. Menores de idade que cometem esse ato podem ser autuados, já maiores de idade podem ser conduzidos à delegacia. 

A recomendação é para que motoristas que flagrarem jovens pegando carona na traseira de seus veículos, parem o automóvel e peçam para que os ciclistas se retirem. Caso se recusem, o condutor pode ligar para a Polícia Militar. 

Nenhuma postagem para exibir