Homem morre seis meses depois de ser espancado na região

Caso ocorreu em Franca no mês de março; Polícia Civil investiga o caso

Foi enterrado em Franca, nesta segunda-feira (15), Fabrício de Oliveira, 38. Ele foi agredido há seis meses e permaneceu desde então em coma, mas não resistiu e morreu no domingo, na Santa Casa da cidade. 

De acordo com a Polícia Civil da cidade, Oliveira se envolveu em duas brigas no mês de março. Na primeira delas, no dia 7 de março, o homem se envolveu em uma briga com um vizinho e foi agredido. Ele chegou a ser socorrido e fez exame de corpo delito, que constatou ferimentos leves.

Já no dia 17 de março, Fabrício teria se envolvido em outra briga mais séria, com a mesma pessoa. Ele foi encontrado desacordado e com vários ferimentos, pelo seu irmão, na sala de casa. 

O caso foi registrado como lesão corporal grave, mas pode ser reclassificado, por conta da morte, para lesão corporal seguida de morte ou mesmo homicídio culposo (sem intenção de mata). A Polícia Civil investiga o caso.