Homem mata cadelinha para magoar ex-mulher e acaba em cana em Ribeirão

Corpo do bichinho foi achado em cesto de roupa; ele responderá pelo crime e pode pegar um ano e quatro meses de cadeia

Corpo de cadelinha foi achado dentro de cesto de roupa - Foto: Redes Sociais

Um homem foi preso, na tarde desta quinta-feira (14), em Ribeirão Preto, acusado de matar a própria cachorra para se vingar da ex-companheira. O Caso ocorreu no Parque Ribeirão zona Oeste da cidade, e é investigado pela Polícia Civil.

Segundo relato da Polícia Militar, o acusado matou o animal com pauladas e socos. A cachorra pertencia a ele e à ex-companheira, mas acabou ficando sob os cuidados do homem. Para se vingar da ex-mulher, ele decidiu matar o animal.

A policia chegou até o local do crime depois de receber denúncias de populares. Na casa do homem, encontrou o corpo da cadelinha, em uma cesta de roupas no quintal. O homem admitiu o crime e foi levado ao Plantão Policial, onde prestou depoimento e foi liberado.

Ele responderá por violência contra animais e está sujeito a pena de prisão de ate um ano e quatro meses, além de multa.

Guaira

Não é, entretanto, o primeiro caso recente de agressão contra animais na região. Em 21 de fevereiro, pai e filho foram presos em Guaíra após terem espancado um cachorro.

O animal passou por cirurgia e sobreviveu. Ele foi retirado dos donos, que eram os mesmos agressores, e ainda se recupera. Eles chegaram a ser presos, mas acabaram liberados.

Nenhuma postagem para exibir