Guincheiro morre após cair de caminhão enquanto trabalhava

O empresário Paulo César Cortez, 56, estava internado na Santa Casa de Franca desde o dia 10

Gincheiro morre após cair do caminhão enquanto trabalhava na zona Rural de Restinga Foto: Arquivo pessoal

Um homem morreu, nesse sábado (11), após cair de um caminhão, enquanto trabalhava na zona rural de Restinga. O empresário Paulo César Cortez, 56, estava internado na Santa Casa de Franca desde o dia 10.

Conhecido como “César do Guincho”, ele foi encontrado, por pessoas que passavam pelo local, com um ferimento na cabeça e caído no chão. O serviço de resgate chegou a ser acionado e ele foi encaminhado até a Santa Casa.

Quando chegou, foi submetido a cirurgias, mas não resistiu e faleceu. A causa da morte, de acordo com informações do serviço funerário, foi traumatismo craniano. Ele foi velado neste domingo (12).

O fato ocorreu após Cortez ir à zona rural de Restinga para retirar um veículo, mais precisamente um caminhão, que ficou preso no local por consequência das queimadas que ocorreram na última semana.

Nenhuma postagem para exibir