GCM e Fiscalização Geral fazem derrubada de moradias na comunidade das mangueiras

Segundo moradores, existe um combinado com a prefeitura que não foi respeitado

Uma operação de desapropriação foi realizada na comunidade das mangueiras, zona oeste de Ribeirão Preto, derrubando barracos e deixando muitas famílias desalojadas na manhã desta quinta-feira (28).

Segundo alguns moradores, o combinado com a prefeitura determinava que os habitantes não poderiam construir casas e ultrapassar o limite previamente estabelecido pela fiscalização na parte de cima do local, e foi prometido que a parte em que já haviam casas, não seria mexido. Mas não foi o que aconteceu.

“Esse aqui não é um projeto da noite para o dia, esse espaço esta abandonado a mais de quatro anos e nós que cuidamos. O combinado é que a parte de cima seria uma praça, vieram aqui e ainda marcaram com a mão de que não iriam mexer nas casas, eles entenderam que aqui tem família carente e criança, marcaram com a própria mão, aqui nós não vamos mexer com vocês! Os fiscais vieram aqui e pediram para a gente só não invadir a parte de cima, se não iriam derrubar, nós fizemos o contrario, carpimos o matagal, plantamos arvores e iriamos colocar brinquedos para as crianças, ai hoje chegam derrubando as casas e descumprindo o combinado.” disse Christian, morador da comunidade.

Muitas famílias revelaram que eram casas fixas e no momento não tem para onde ir.

Até agora não houve um retorno e a equipe aguarda a finalização da operação para obter informações mais concretas. Confira abaixo a reportagem que foi ao ar no programa Hora da Verdade.