Famílias carentes ganham casas com apoio de ONG em Ribeirão Preto

O trabalho foi realizado em dois dias em uma comunidade da zona Leste e 15 casas foram construídas

Foto: ONG Teto
Continua depois da publicidade

O trabalho voluntário de uma ONG ajudou 15 famílias a conseguir uma casa melhor. A ação aconteceu no primeiro final de semana de novembro no bairro Jardim Juliana, zona Leste de Ribeirão Preto.

Os imóveis são feitos com estrutura de madeira pré-moldada, levam dois dias para serem construídas e foram erguidos por iniciativa da ONG Teto com apoio de voluntários. A ONG foi fundada em 1997 no Chile e atua há 12 anos no Brasil.

Cada morador paga um valor simbólico de R$ 200 por um imóvel de 18 m² construído pelo custo de R$ 8 mil. A duração da casa é de sete a dez anos. Como as famílias atendidas pela ONG vivem em locais onde não há saneamento básico, as casas são suspensas para evitar o contato com a terra.

“O Teto entende que a pobreza é uma situação que pode ser superada, e a condição de você ter uma casa, um lar seguro e estável que te proteja da chuva, ela vai te trazer uma tranquilidade para desenvolver as habilidades e poder buscar o crescimento pessoal. Então, a casa é o início do desenvolvimento dessa pessoa”, disse o coordenador da ONG em Ribeirão, Otton Solon.

A moradora Silmara, que já morava na comunidade há um tempo, conta que vivia em um barraco que não tinha mais condições de moradia, “quando chovia, o telhado começava a cair em mim e na minha filha. Perdi muita coisa. Hoje graças a Deus tenho uma casa, graças a esse pessoal maravilhoso que sempre ajudou. Minha vida melhorou muito, era meu sonho ter uma casa. Agora pra mim é só progresso”, disse ela.

Todo o material utilizado para as construções foi comprado por meio de doações e apoio de empresas parceiras. A ação deste final de semana no Jardim Juliana foi o primeiro trabalho da ONG em Ribeirão Preto. O local foi escolhido após uma série de visitas a 25 comunidades da cidade que começou no mês de fevereiro.

O plano da ONG é que a cada semestre o trabalho seja feito em uma comunidade diferente para ajudar a desenvolver as famílias que ali vivem.

“É muito importante ter esse sentimento de gratidão e isso faz a gente dar continuidade ao trabalho e também leva para os voluntários essa necessidade de realização do trabalho no Brasil todo para a gente mudar o cenário atual”, finaliza Solon.

Para fazer parte e colaborar sendo voluntário ou com doações basta acessar o site da ONG Teto.

Confira a galeria de fotos