Família vende jabutis e recebe multa de R$18,5 mil, em Jaboticabal

Caso aconteceu nesta segunda-feira (26); envolvidos ainda vão responder por crime ambiental

Foto: Divulgação / Polícia Militar Ambiental

A Polícia Militar Ambiental autuou quatro membros de uma família, nesta segunda-feira (26), pela venda ilegal de jabutis piranga, em Jaboticabal. As multas chegam ao valor de R$18.500,00 e as partes ainda vão responder por crime ambiental.

A equipe descobriu o caso após uma denúncia da venda de um jabuti piranga em um anúncio nas redes sociais de um homem, cuja identidade não foi identificada. Depois de monitorar o perfil dos envolvidos, agentes da Polícia Ambiental descobriram que a esposa e o sogro do homem também divulgaram em seus perfis a venda de 16 filhotes dessa espécie. 

A partir das informações nas redes sociais, os agentes iniciaram buscas pela cidade e encontraram a esposa e a sogra do vendedor em um veículo no bairro Jardim Tangará. Dentro do carro estavam mais dois filhotes de jabuti piranga. 

Após o flagrante, os agentes se dirigiram à residência da família, porém o restante dos animais não foram encontrados, pois já haviam sido vendidos. Os quatro familiares, sendo a sogra, o sogro, a esposa e o homem denunciado, foram autuados com base no artigo 25 da Resolução SIMA 05/21, que dispõe sobre condutas infracionais ao meio ambiente.

No total, as multas recebidas pela família somam um valor de R$18.500,00. De acordo com a Polícia Ambiental, é infração ambiental a exposição a venda de animais silvestres, bem como o transportes destes sem a devida licença ou autorização. As partes responderão por crime ambiental.

Nenhuma postagem para exibir