Falta de segurança em posto de saúde causa paralisação do atendimento médico na zona Norte

Os funcionários cobram mais segurança no local após o registro de diversos crimes na unidade, localizada na Vila Recreio

Foto: Rede social

A falta de segurança na UBS Adalberto Teixeira Andrade, localizada na Vila Recreio, causou protestos de funcionários e a paralisação do atendimento médico, nesta terça-feira (13), na zona Norte de Ribeirão Preto.

Diversos cartazes com frases como “assaltos à mão armada e agressões aos nossos pacientes” e “não haverá atendimento por falta de segurança na unidade” foram colocados na entrada do posto de saúde, localizado na rua Tabatinga.

Segundo um funcionário, que preferiu não ter a identidade divulgada, o assalto mais recente ocorreu na manhã de terça-feira, quando um criminoso levou o celular do filho de um paciente que tomava a vacina contra a Covid-19 na unidade de saúde.

Em nota, a Prefeitura de Ribeirão Preto, através da Secretaria da Saúde, afirmou que recebeu a solicitação dos servidores da unidade de saúde e está tomando as providências para solucionar o caso.

Nenhuma postagem para exibir