Faculdade de Ribeirão Preto suspende aulas presenciais após festa clandestina

Estudantes do curso de Medicina foram flagrados aglomerados e sem máscaras em uma festa clandestina ocorrida neste final de semana

Foto: Reprodução
Continua depois da publicidade

A Faculdade Barão de Mauá, localizada em Ribeirão Preto, suspendeu as aulas presenciais do curso de Medicina após a realização de uma festa clandestina em que alunos foram flagrados aglomerados e sem máscaras neste final de semana.

Os alunos tinham voltado para as salas de aula no dia 1º de fevereiro, já que o curso é da área da Saúde e o funcionamento está permitido pelo Governo do Estado de São Paulo.

Após uma denúncia anônima, a reitoria da Universidade conseguiu identificar alguns alunos em um vídeo da festa, suspendendo assim as aulas presenciais até o dia 21 deste mês.

A Universidade informou ainda que abriu uma sindicância interna para investigar todos os fatos.

Nenhuma postagem para exibir