Sindicato dos Empregados do Transporte Público rejeita a proposta de aumento salarial e marca greve para 00 hora de terça-feira(21)

As empresas propuseram aumento de 12,47%, abono referente ao mês de maio, mas não repassaram o índice ao vale-alimentação

Ônibus coletivo de Ribeirão Preto - Foto: Reprodução

O SEETURP – Sindicato dos Empregados em Empresa de Transporte Urbano e Suburbano de Passageiros de Ribeirão Preto, na figura de seu presidente, João Henrique Bueno, emitiu um comunicado oficial para o Sindicato Patronal das empresas de transporte urbano da cidade que, a proposta encaminhada foi rejeitada pelos trabalhadores e anunciou grave para 00 hora da próxima terça-feira (21)

A proposta patronal indicava um índice de 12,47% de aumento, abono referente ao mês de maio. Os trabalhadores queriam que esse mesmo índice recaísse também para o vale-alimentação, o que foi rejeitado pelos patrões.

Segundo o SEETURP depois de várias rodadas de negociação, não houve qualquer acerto. Na manhã desta sexta-feira (17) aconteceu uma assembleia com os motoristas que decidiram pela grave a partir da 00 hora da próxima terça-feira (21).

O Portal da Thathi procurou o Consórcio ProUrbano para ouvir a posição que vão tomar, entretanto ainda não havia qualquer comunicado oficial, fato que deve ser tomado na tarde desta sexta-feira. A Transerp, empresa responsável pelo gerenciamento do transporte público na cidade, informou que, apesar do ponto facultativo, também espera um comunicado oficial, que até o momento não foi feito, para depois se pronunciar a respeito.

Assim que todas as partes se manifestarem, estaremos atualizando as informações.

Nenhuma postagem para exibir