Elefanta Bambi deixa Ribeirão Preto e viagem ao santuário deve durar 35 horas

Bambi vivia no Bosque Zoológico de Ribeirão Preto desde 2014, depois de passar boa parte da vida em um circo

Elefanta Bambi e Orival, funcionário mais antigo do bosque - foto: História do Dia

A elefanta Bambi deixou, nesta quinta-feira (24), o Bosque Fábio Barreto, onde chegou em 2014 após viver em um circo, e iniciou a viagem para o Santuário de Elefantes Brasil, localizado no Mato Grosso. A viagem, segundo informações, deve durar 35 horas. 

A transferência da elefanta estava prevista para a última terça-feira (22), porém o procedimento foi adiado pelos biólogos e veterinários que acompanham Bambi, pois foi considerado que ela estava agitada e desconfortável dentro do compartimento de transporte.     

Os especialistas tiveram que fazer novos procedimentos para conquistar a confiança da elefanta, podendo assim continuar e realizar a viagem.  “Agora, fica a saudade, porque é um animal que gostamos muito e é um símbolo para nós”, disse o diretor do bosque, Alexandre Gouvêa.

Durante todo o trajeto, de aproximadamente 1,2 mil quilômetros, um veterinário vai monitorar e cuidar da Bambi. A caixa de transporte, construída para acomodar o animal, possui 18 janelas para circulação do ar e telhado para não entrar chuva ou luz do Sol de forma excessiva.

Nenhuma postagem para exibir