Duarte Nogueira afirma que não irá suspender impostos

Decisão foi tomada após uma reunião com representantes de entidades e da Câmara, na última segunda-feira (30)

Atual prefeito de Ribeirão Preto e líder nas pesquisas, Duarte Nogueira (PSDB) - Foto: Divulgação

O prefeito Duarte Nogueira (PSDB) afirmou não ter o interesse de suspender a cobrança de impostos da cidade após uma reunião na última segunda-feira (30), com entidades empresariais e o presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal, Lincoln Fernandes (PDT).

“Nossa intenção não é suspender. Até porque, quem puder pagar, vai pagar, e quem não puder pagar, não vai pagar”, declarou o prefeito, que estima uma queda na arrecadação de 20% nos próximos dois meses, em razão da pandemia atual.

Além de definir sobre a arrecadação dos impostos no município, o prefeito aproveitou para reforçar que irá manter as medidas do decreto de calamidade pública, mantendo fechado os estabelecimentos “não essenciais” ainda por tempo indeterminado, indo contra o posicionamento do presidente, Jair Bolsonaro.

“Nos próximos dias, vamos manter o regime de isolamento, distanciamento social, obedecendo o decreto de calamidade pública já amplamente divulgado na imprensa”, disse Nogueira.  

“É um rombo gigantesco no nosso fluxo de caixa da cidade, que poderá a nos levar a algumas medidas de contenção, de restrição, de parcelamento, que nós esperamos que não aconteça”, completou Nogueira, que ainda afirmou que aguarda a eficácia das ações do Governo Federal para conter a crise, o que de acordo com ele “ainda não chegou na ponta”.  

O prefeito voltará a se encontrar com as entidades na próxima sexta-feira (3), onde será discutido, entre outros assuntos, a quarentena para comércios privados, já que a mesma vence dia 7.

Nenhuma postagem para exibir