Criança de três anos morre após ser picada por escorpião em Ribeirão

Segundo o pai, ela havia pegado um pedaço de tijolo e em seguida o soltou alegando que o material a havia espetado

Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas - Foto: Lúcio Mendes

Uma menina de três anos morreu, neste domingo (18), depois de ter sido picada por um escorpião. O acidente ocorreu em uma comunidade localizada próxima as avenidas Caramuru e Luzitana, na zona Sul da cidade.

Segundo o pai da menina, a criança o viu mexendo em alguns tijolos e então decidiu imitá-lo. Foi aí que ela pegou um pedaço do material e imediatamente o soltou afirmando que o tijolo havia espetado ela e começou a chorar.

Em seguida, ela começou a relatar que estava com muita dor. Os pais deram um banho na menina que, tempos mais tarde, relatou estar sentindo falta de ar, muita sede e começou a gritar bastante.

Sendo assim, a criança foi levada para a Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) da Vila Vírginia e, devido ao quadro, encaminhada para o Hospital das Clínicas (HC), local onde faleceu neste dia 18.

Conforme o Ministério da Saúde, caso alguém seja picado por escorpião, é recomendado que a pessoa seja encaminhado rapidamente para o atendimento médico. Se possível levar o animal ou uma foto para identificação da espécie de modo a dar um tratamento eficaz.

“Não é incomum acharmos esses bichos perigosos por aqui, já encontramos aranhas, escorpião. Isso porque aqui tem bastante entulho, por mais que a gente limpe, a gente encontra”, disse o responsável.

Caso encontre algum animal peçonhento em sua residência, entre em contato com a Vigilância Ambiental em Saúde pelo (16) 3628-2015.

Nenhuma postagem para exibir