Circo Vostok passa por dificuldade devido ao Covid-19 e integrantes pedem ajuda

Com o fim das apresentações, acabaram os recursos e o grupo precisa de alimentos para manter as famílias

Circo Vostok precisou baixar a lona devido ao novo coronavírus - Foto: Désirée Teixeira

O circo Vostok, instalado próximo à rotatória da avenida Caramuru com avenida João Fiúsa, precisou baixar a lona devido a pandemia do novo coronavírus. Com o fim das apresentações, acabaram os recursos e, hoje, os artistas pedem a doação de alimentos enquanto permanecerem no local. Eles devem ficar no terreno até que sejam liberadas as apresentações, o que não tem prazo para ocorrer.

O grupo conta com 38 pessoas que moram nos trailers, incluindo gestante e crianças de colo. Fernando Fischer, diretor do circo, conta que o terreno onde estavam apresentando é particular, mas o dono permitiu que ficassem.

Ele disse que o circo ainda tem um pouco de dinheiro para pagar contas de água e luz, mas não tem condições de manter os integrantes. “Em respeito ao público, tivemos que baixar a lona e sem as apresentações não conseguimos manter as famílias, pois não estamos faturando”, disse o diretor.

Em uma publicação em rede social, é feito um pedido de ajuda com alimentos, fraldas, remédios e roupas. A trupe recebeu alimentos do Fundo Social da Prefeitura de Ribeirão Preto, mas como não tem previsão para o fim da pandemia, eles contam com a colaboração das pessoas.

Fischer cita que, no momento, o que eles mais precisam são de alimentos, por isso a campanha é exclusiva para receber mantimentos.

Quem quiser ajudar, basta entrar em contado com Fernando Fischer pelo número (48) 99963-4803.