Briga por conta de obrigação para acordar cedo termina em assassinato

Jovem de 21 anos mata padrasto após este tentar acorda-lo para ir trabalhar

Adriano Moreira de Souza, 33 anos, em foto destaque, foi assassinado pelo enteado. Foto: F3 Notícias

Adriano Moreira de Souza, 33 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (23), no bairro São Vicente, em Franca, após tentar acordar o enteado para ir trabalhar. Os dois tiveram um desentendimento, quando Lázaro Alves de Araújo, 21 anos, pegou uma faca e partiu para cima do padrasto.

Antes de a brigar chegar à violência física, a irmã e a mãe do suspeito tentaram apaziguar a situação, mas sem êxito. A discussão entre padrasto e enteado durou alguns minutos e após troca de acusações e xingamentos, Lázaro foi até a cozinha, pegou uma faca e atingiu Adriano.

Conforme apurado, as testemunhas relataram às autoridades policiais que o motivo da briga foi Adriano ter chamado o enteado para acordar e ir para o trabalho. O jovem, porém, não quis levantar.

A mãe do suspeito e esposa da vítima tentaram apartar a briga quando Lázaro estava com a faca. Por conta dos golpes dados, uma delas foi atingida na mão e precisou de atendimento.

A família mora em um conjunto de prédios no bairro São Vicente e uma das vizinhas afirmou ter ouvido os gritos de socorro e os xingamentos da briga. Lázaro fugiu do local do crime, após o assassinato.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) assumiu o caso e está a procura do suspeito. Algumas pistas já foram coletadas e a equipe está em diligência para tentar localizá-lo. O corpo de Adriano Moreira passará por necrópsia e peritos criminais realizaram levantamento no local do crime para identificação de provas.

Fonte: f3notcias

Nenhuma postagem para exibir