Baixa visibilidade: Rodovia Antônio Machado Sant’anna sofre paralisação por causa de queimadas

O fato ocorre porque a mata ciliar que fica próximo no Complexo Itajaí está em chamas

Foto: Reprodução/ vídeo - Valmir Moreira

A rodovia Antônio Machado Sant’anna (SP-255) que interliga Ribeirão Preto até Araraquara sofre paralisações, nesta segunda-feira (23). Isso porque pelo local há uma intensa nuvem de fumaça cobrindo a via decorrente de queimadas.

Segundo o jornalista do Grupo Thathi de Comunicação Valmir Moreira, que registrou a situação do local, a mata ciliar que fica próximo no Complexo Itajaí está em chamas e afirma que o trajeto está difícil.

“A cortina de fumaça está bem em cima do rio. Aqui é o complexo Itajaí, então, toda a mata ciliar em cima do rio está sendo totalmente queimada. O trajeto está muito difícil, pior ainda para quem vem sentido Ribeirão Preto Araraquara”, disse.

Nas imagens é possível ver Moreira, próximo ao pedágio de Guatapará, tendo sua visão prejudicada pela cortina de fumaça. A visão sobre o que está a frente fica comprometida. Logo em seguida, quando a visibilidade melhora, encontra-se a polícia contendo o trânsito no sentido contrário da via.

Alerta da defesa Civil

A Defesa Civil do estado de São Paulo emitiu um alerta neste dia 23 a respeito das queimadas na federação paulista. Já que nos últimos tempos, os focos de incêndio, em coberturas vegetais, têm aumentado pelo território e, em alguns casos, é necessário o uso de aeronaves, devido à rápida propagação das chamas.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Defesa Civil, a maior parte dos incêndios florestais é decorrente de ação antrópica – causados pelo homem, de maneira acidental ou intencional. As causas mais comuns são limpeza de terreno e destruição de lixo, descarte errado de cigarro, soltura de balões, dentre outras.

Além disso, a propagação conta com o apoio da baixa umidade relativa do ar, bem como a falta de chuvas.

Imagens: Valmir Moreira

Nenhuma postagem para exibir