Justiça aceita denúncia contra motorista que atropelou mãe e filho após briga de trânsito

Suspeito vai responder pelo crime de homicídio duplamente qualificado – por motivo fútil e com recurso que dificultou a defesa da vítima - tentado

Câmeras de segurança registraram o atropelamento

A Justiça de Ribeirão Preto aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra o motorista Matheus Felipe da Silva Martins, por tentativa de homicídio. No último dia 9 de junho, ele atropelou Carlos Rogério Cavechia e a mãe dele, Noêmia Macaroff após uma briga de trânsito.

O crime ocorreu no bairro Planalto Verde e foi registrado por câmeras de segurança (confira o vídeo abaixo).

Pela decisão, o suspeito vai responder pelo crime de homicídio duplamente qualificado – por motivo fútil e com recurso que dificultou a defesa da vítima – na modalidade “tentada”.

O juiz Paulo César Gentile, da 1ª Vara do Júri e Execuções Criminais de Ribeirão Preto, também determinou a manutenção da prisão preventiva do acusado. Ele considerou que Matheus é um risco para a ordem pública.

“Não se pode deslembrar, ademais, que os fatos carreados a os autos demonstram, em princípio, a extrema periculosidade do acusado, pois teria utilizado de veículo automotor de grande porte(furgão) para atropelar as vítimas, causando sérios ferimentos em, ao menos, uma delas, a qual permanece internada em estado grave, a demonstrar concretamente que há risco gerado por seu estado de liberdade, pois não há qualquer indicativo de que irá adotar, doravante, comportamento adequado, compatível com o convívio em sociedade”, diz um trecho da decisão.

O Portal Thathi não conseguiu contato com a defesa do acusado.

Confira o vídeo do atropelamento?

Nenhuma postagem para exibir