Assalto à Entrevias tem cofre arrombado, troca de tiros e refém em Pitangueiras

Crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira (14) e ninguém ficou ferido; grupo armado conseguiu fugir

Um grupo armado rendeu funcionários, explodiu cofre, trocou tiros com a polícia e ainda levou uma refém, na madrugada desta segunda-feira (14), em uma praça de pedágio da Concessionária Entrevias, em Pitangueiras. Ainda não se sabe a quantia levada pela quadrilha e, apesar do susto, ninguém ficou ferido. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirmou a informação.

O crime ocorreu por volta das 3h da madrugada. Uma funcionária, que não quis se identificar, conta que cinco bandidos, todos fortemente armados, fizeram funcionárias de escudo humano, enquanto obrigavam outra a abrir os portões da secretaria do local. Logo após, os homens utilizaram bombas para explodir o cofre e levar o dinheiro. 

“Na hora que aconteceu eu estava na sala de descanso. Ouvi o barulho e saí lá fora. Foi quando vi um armado e voltei e me tranquei dentro da sala. Ele não me viu”, conta a funcionária. 

Refém 

Após estourarem o cofre, os homens começaram a cronometrar o tempo para levar o dinheiro até a chegada da Polícia Militar. Ao avistar os agentes, eles trocaram tiros com os oficiais e depois fugiram em um veículo Astra da cor prata, levando uma funcionária como refém. 

“As meninas lá fora que passaram o terror, fizeram elas de escudo na hora do tiroteio. Uma delas  foi  levada de refém e foi deixada no meio da estrada de terra”, conta a funcionária. A refém foi deixada próximo a uma área de ranchos e conseguiu voltar com a ajuda de um morador do local que a trouxe de motocicleta. 

A reportagem do Grupo Thathi entrou em contato com pelo menos cinco funcionários da Entrevias que confirmaram a história, contudo, nenhum deles soube dizer a quantidade levada pelo grupo.

Equipes da Polícia Militar e da Análise Técnico-Científica estiveram no local, onde um boletim de ocorrência foi registrado. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que o caso foi registrado no Plantão da Seccional de Sertãozinho.

Veja abaixo imagens da operação: