Anel Viário Sul tem três obras aprovadas pela Artesp

Investimentos de R$ 70,3 milhões foram conquistados pela prefeitura por meio de projetos apresentados pela Transerp junto à concessionária Entrevias

Anel Viário de Ribeirão Preto. Foto: Divulgação
Continua depois da publicidade

A prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Transerp, teve três projetos aprovados pela concessionária Entrevias na rodovia Antonio Duarte Nogueira, que juntos trarão para o município investimentos na ordem de R$ 70,3 milhões, trazendo segurança viária e fluidez no anel viário Contorno Sul.

O anúncio das aprovações ocorreu em audiência pública virtual realizada pela Artesp na semana passada com a finalidade de revisão contratual da concessionária Entrevias. A reunião contou com a participação do prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira; do diretor-geral da Artesp, Milton Persoli e do superintendente da Transerp, Antônio Carlos de Oliveira JR, representantes da Concessionária Entrevias, além de autoridades de outros municípios.

“Desde o início de nossa gestão temos atuado junto à Artesp e à concessionária mostrando a necessidade de investimentos em pontos críticos do anel viário Contorno Sul e agora, na audiência pública, a Entrevias chancela como “pertinentes” nossos estudos, os quais trarão maior segurança para os motoristas de Ribeirão Preto e região”, enfatiza o superintendente da Transerp,

A concessionária Entrevias recebeu, por meio da plataforma Sisdemanda, diversos pleitos de municípios na área de sua atuação, incluindo de Ribeirão Preto, para novos investimentos e melhorias nas rodovias. Todas as contribuições foram registradas, avaliadas com base em estudo técnico e consideradas pertinentes ou não justificáveis.

Pleitos

No total, foram recebidos 23 pleitos, sendo sete considerados pertinentes, os quais três são referentes ao município de Ribeirão Preto para os seguintes investimentos:

  • Adequação de dispositivo em Ribeirão Preto (SP-322, km 310, no entroncamento com a SP-255), no valor de R$ 64 milhões e data de execução a definir.
  • Adequação de dispositivo em Ribeirão Preto (SP-322, km 315+800), no valor previsto de R$ 2 milhões e data de execução a definir.
  • Adequação de dispositivo em Ribeirão Preto (SP-322, km 316+800), no valor previsto de R$ 4,3 milhões e data de execução a definir

Ao participar da audiência, o prefeito Duarte Nogueira disse estar satisfeito pelos pleitos de Ribeirão terem sidos considerados pertinentes. “Ficamos felizes. Que essa decisão possa ser tomada e ser rapidamente viabilizada pela Artesp. Agradeço pelas demandas que foram acolhidas como justificáveis e colocamos à disposição de todos no que a gente puder trabalhar em conjunto com a concessionária”, ressaltou Nogueira.

Mais informações sobre as aprovações no site www.artesp.sp.gov.br.

Nenhuma postagem para exibir