Ação da GCM salva bebê de 18 dias em Ribeirão Preto

Criança estava engasgada com leite materno e foi socorrida pela equipe na madrugada de segunda-feira (20), no bairro João Rossi

Criança foi atendida e passa bem Fotos: Guilherme Sircili

Uma ação da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Ribeirão Preto foi responsável por ajudar a salvar a vida do bebê Noah Gabriel, de apenas 18 dias, durante a madrugada desta segunda-feira (20), no bairro João Rossi. Isso porque a criança estava engasgada com leite materno e foi socorrida por dois agentes da equipe.

Foi a avó de Noah, Francilene Gonçalves, quem percebeu que o bebê estava engasgado e não reagia aos estímulos da mãe, Kevilin Francine. Desesperada, a mulher saiu em busca de ajuda e, ao avistar a viatura da GCM, pediu socorro.

Rapidamente, os agentes Dias Rogério e Verônica Ferreira começaram o atendimento para que Noah conseguisse voltar a respirar após se engasgar com o leite materno, enquanto acionavam outras viaturas e a equipe médica da Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) Dr. Marco Antônio Sahão, na Vila Virgínia.

Assim que Noah recuperou a respiração, a viatura seguiu rapidamente até a UBDS, que já estava preparada para dar sequência com atendimentos médicos complementares para a criança, que passa bem.

Reencontro

Na manhã desta terça-feira, dia 21 de setembro, os agentes Dias Rogério e Verônica Ferreira, da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Ribeirão Preto, voltaram ao bairro João Rossi para encontrar a família do pequeno Noah Gabriel, que agora já tem uma emocionante história para contar.

Para a equipe, o caso ficará marcado para sempre nas lembranças.“É uma experiência que iremos levar pelo resto das nossas vidas, pois estávamos na hora e no lugar certo. Agradeço a todos que se empenharam nesta ocorrência para conseguirmos salvar esse bebê”, afirmou a GCM Verônica.

Já a avó, Francilene, agradeceu e ressaltou que não conseguiria chegar a tempo na unidade de saúde. “Se não fossem eles, não daria tempo. Uma equipe preparada e que foi nos acalmando até chegar ao posto de saúde. Quando entreguei o Noah nas mãos deles, senti que eles iriam fazer a coisa certa”, disse.

Nenhuma postagem para exibir