Você trata seus pets como filhos? O Papa Francisco critica essa prática

Nos seus encontros com fiéis, dia 5 de janeiro, nas quartas-feiras, o Papa Francisco critica casais que não querem ter filhos e adotam pets no lugar das crianças

Foto: Reuters/Yara Nardi/Direitos reservados.

O Papa Francisco gerou polêmica ao criticar os casais que optam por ter um filho apenas ou nenhum e colocam no lugar pets, que são tratados como se filhos fossem. A declaração foi feita dia 5 de janeiro, no chamado Encontro com Fiéis das quartas-feiras. Para o Pontífice, o fato de não querer ter filhos e colocarem os pets no lugar diminui e cancela a humanidade, Ele denomina esse fato de “inverno demográfico”, ressaltando que há um determinado egoísmo nessa atitude.

A declaração não foi bem acolhida pelos fiéis, pois muitos deles alegam que a vida moderna e os custos altos gerados por uma criança desestimulam a paternidade. Ressaltam que muitas vezes uma criança tira a liberdade e a tranquilidade dos casais. Outro fator alegado pelos que contrariam a fala do Papa está associado à pobreza e à desigualdade social. Os pets não resultam nesses problemas.

Nenhuma postagem para exibir