Vídeo | Mulher morre baleada em supermercado após briga de cliente sem máscara e segurança

Caso aconteceu em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta terça-feira (28)

Uma confusão causada pelo uso obrigatório de máscara de proteção contra o novo coronavírus terminou na morte de uma funcionária, 45, de um supermercado na tarde desta terça-feira (28), em Araucária, na região metropolitana de Curitiba.

Segundo informações da Guarda Municipal (GM), um cliente tentou entrar no estabelecimento sem usar o equipamento de segurança, mas foi barrado pelo segurança do local. O uso da máscara é obrigatório no comércio da cidade.

O cliente deu um soco no segurança que ofereceu a máscara e na sequência houve luta corporal. Um primeiro disparo atingiu o cliente de raspão, segundo a guarda, e ele tentou tirar a arma do segurança.

Ainda em luta, o segurança efetuou um novo disparo que atingiu o pescoço de uma funcionária do supermercado, que não resistiu ao ferimento e morreu no local.

O cliente ferido foi encaminhado sob custódia ao Hospital do Trabalhador, e por volta das 22h, chegou na delegacia para ser ouvido. Segundo a Polícia Civil, ele deve responder por perturbação a organização de trabalho duas lesões corporais, homicídio e violação a determinação do poder público pra evitar doenças contagiosas.

O segurança envolvido no caso foi levado para a delegacia, segundo a GM, ele trabalhava com uma arma calibre 38 e foi levado preso para a delegacia. Prestou depoimento e deve responder por homicídio culposo, sem intenção de matar.

Por meio de nota, o supermercado lamentou o ocorrido e disse que está prestando apoio à família da vítima. E empresa apontou que o segurança tentou oferecer a máscara gratuitamente ao cliente para que realizasse as compras. Mesmo assim, o funcionário foi agredido e houve a confusão.

Segundo a rede, a funcionária atingida estava tentando apaziguar a situação e esclarecer o motivo sobre o decreto que determina o uso obrigatório do equipamento de segurança. A rede afirmou que está contribuindo com as investigações.

Em Araucária, o uso de máscara de proteção é obrigatório em repartições públicas e no comércio. Caso seja flagrado descumprindo a medida, o estabelecimento pode ter o alvará cancelado.