Vídeo | Festa com carrões acaba em reclamação de vizinhos no litoral de SP

Barulho alto motivou vizinhos a chamarem a polícia; nas redes sociais, muitos criticaram festa por descumprir o isolamento

Festa em mansão de Bertioga agitou vizinhança - Foto: Redes Sociais
Uma festa de aniversário com direito a carrões estacionados na porta repercutiu nas redes sociais e por pouco não acabou na polícia no último domingo. Os amigos se reuniram no condomínio Riviera de São Lourenço, em Bertioga, e divulgaram as imagens nas redes sociais. Moradores do local, incomodados com o som alto, chamaram a Guarda Municipal, mas, no fim das contas, a comemoração seguiu, com o volume mais baixo.
Pelo menos 20 pessoas, segundo os vizinhos, estiveram no local. Incomodados com o barulho, vizinhos chegaram a chamar a Guarda Municipal, que foi até o local e atendeu à ocorrência, classificada como perturbação do sossego. Os guardas pediram que o volume fosse abaixado, foram atendidos e deixaram o local.
Festa em mansão de Bertioga agitou vizinhança – Foto: Redes Sociais

Um dos vizinhos, que preferiu não se identificar, relatou que as festas no local são constantes. “Todo fim de semana tem festa, sempre com música alta. Nesse fim de semana tinha mais gente, tinha até banda”, disse.

Já o advogado e empresário Fernando Vieira, dono do local, a comemoração reuniu apenas amigos e familiares. “Não entendo essa repercussão, apenas reuni alguns amigos e familiares para comemorar meu aniversário. Provavelmente, se não fossem os porsches, se fossem dez carros nomais, ninguém teria reclamado”, disse o empresário, que completou 35 anos.
Ainda segundo ele, que se diz a favor do isolamento social, muitas criticas ocorreram de forma infundada. “Não desrespeitamos nenhuma norma. Tanto que a Guarda esteve no local e não constatou nada. Infelizmente, ninguém tem inveja do fraco. Por termos uma situação privilegiada, acabamos sendo motivo de crítica”, informou.

Outro lado

De acordo a Prefeitura de Bertioga, a festa, que era particular, não desrespeitou as normas de isolamento social, portanto não foi possível agir sobre esse assunto. “Uma equipe foi deslocada até a casa e constatou que havia som alto no local. A GCM solicitou ao responsável da residência que reduzisse o volume do som, o que foi atendido de imediato. Os agentes também orientaram sobre as medidas de isolamento social, por conta da pandemia do Coronavírus”, disse a prefeitura, em nota.
Vieira afirma que uma medição de barulho chegou a ser realizada pelos agentes. “Constatou que o barulho estava em 58 decibéis, bem menor que o limite. Mas, mesmo assim, por respeito, aceitei abaixar o som”, disse.
Em nota, a administradora do condomínio de casas onde a festa foi realizada informou que tem um protocolo com medidas preventivas para colaborar com o combate ao covid-19, mas que não tem qualquer ingerência ou responsabilidade sobre a organização do evento.

Redes sociais

Festa em mansão de Bertioga agitou vizinhança – Foto: Redes Sociais

Nas redes sociais, a postagem teve apoios e criticas na mesma medida. Um dos usuários do instagram comentou. “Quarentena, só para quem é pobre”. Outro, por sua vez, elogiou a postura dos participantes do evento. “E que os frustrados se mordam de inveja”.

O advogado, que milita na área trabalhista, afirmou que muitos comentários são feitos, nas redes sociais, sem que as pessoas saibam o que o grupo faz.

“Nós temos um trabalho social com animais, especialmente cachorros, que são minha paixão. Chegaram até a dizer que eu era advogado do PCC. O que pouca gente viu é que era uma festa de aniversário do tipo “família”. Tinha parentes, amigos, nossas esposas. Não tinha putaria, não tinha bêbado, só uma comemoração. Se a gente ficar só vendo televisão, a gente fica maluco. É preciso união para passar por esse momento”, concluiu.

Nenhuma postagem para exibir