Vídeo | Debate entre jornalista que vazou conversas de Moro e Augusto Nunes acaba em sopapos

Jornalistas debatiam no Programa Pânico quando agressões ocorreram; vídeo viralizou nas redes sociais

Gleen Greenwald (à esq.) e Augusto Nunes durante discussão em programa de rádio - Foto: Reprodução
Continua depois da publicidade

Terminou em agressão física o debate de ideias entre os jornalistas Augusto Nunes e Glenn Greenwald no programa Pânico, da rádio Jovem Pan. As imagens do confronto repercutiram nas redes sociais. 

Greenwald é um dos fundadores do The Intercept, portal de notícias que divulgou, com exclusividade, diálogos entre autoridades da Justiça sobre os bastidores da operação Lava Jato.

A confusão começou quando o jornalista norte-americano chamou, seguidas vezes, Augusto Nunes de covarde. “Você é um covarde, um covarde, Augusto Nunes, um covarde, e eu vou dizer o motivo”.

Depois de tentar argumentar, Nunes acabou partindo para agressão. “Aqui não vai me chamar de covarde. Eu te mostro quem é um covarde”, disse Nunes. Que deu um tapa no rosto do jornalista. A turma do deixa disso atuou, mas as ofensas continuaram.

Em determinado momento, Greenwald parte para cima de Nunes e chega a acertar um soco nele. O programa é interrompido e a discussão continua. 

História

O caso ganhou grande repercussão nas redes sociais. Ambos já vinham trocando farpas pelas redes sociais depois de Nunes questionou a criação dos filhos de Greenwald com o deputado David Miranda (Psol-RJ), com quem o jornalista é casado.

Depois da briga, Greenwald voltou ao programa e disse que a ação foi motivada pela citação dos filhos. Augusto Nunes não retornou ao programa nem se pronunciou sobre a briga.