Robinho tem sentença confirmada pela Justiça Italiana

Condenado a nove anos de prisão, o ex-jogador Robinho pode ter prisão confirmada ainda hoje pela Justiça Italiana.

Robinho, atacante do Santos, foi condenado por estupro - Foto: Divulgação

Em 2013, o jogador Robinho foi preso e sentenciado pela Justiça Italiana, a nove anos de prisão por suposto estupro coletivo, cometido numa boate em Milão. O jogador entrou com recurso contra a sentença, no entanto não conseguiu êxito. Em 2017, a condenação ocorreu pelo Tribunal de Milão, espécie de primeira corte. Em 2020, a Corte de Apelação, segunda instância italiana, manteve a sentença. Nesta quarta, dia 19, a Cassação, terceira instância, vai decidir se mantém ou não a sentença.

Segundo especialistas, muito dificilmente Robinho escapará da prisão. Em caso de manutenção, a Itália pedirá a extradição do atleta para cumprir pena em presídio italiano. Brasil e Itália têm um acordo bilateral de cooperação judicial. Em caso de negativa do governo brasileiro, os italianos pedirão que a pena seja cumprida em presídios brasileiros.

A decisão foi dada pela Cassação depois que todos os processos marcados para quarta-feira foram julgados.

Nenhuma postagem para exibir