Radialista antivacina morre de Covid-19

Ele estava internado na UTI desde o último dia 26

Bibi Lemos| Foto - Facebook/Divulgação

Morreu de Covid-19 na manhã dessa segunda-feira (03), em Iguatu, a 361 KM de Fortaleza, o radialista antivacina Ubiracyauri Lopes Lemos, mais conhecido como Bibi Lemos.

O irmão do radialista, Iguaracy Lemos, pediu orações em uma postagem em seu Facebook no último dia 26, mas também ressaltou que esse era um momento importante para mostrar que a verdade sempre chega para aqueles que são negacionistas da vacina.

Em seu perfil do Facebook, Bibi se mostrava contrário ao passaporte de vacinação para dar entrada em estabelecimento, também era contra as medidas de combate a pandemia feita por meio de Decreto Estadual e não era favorável a vacinação em crianças. Entre outras postagens, também se mostrava crítico a eficácia das vacinas contra o novo coronavírus.

Bibi Lemos trabalhou na rádio Nova FM de Iguatu, onde apresentava de segunda à sexta, das 15h às 17h, o programa “Forrozão”. Também atuou na Rádio Jornal e Antena Sul, já em Fortaleza, em 2004, operou na Tropical FM.

Durante os últimos anos, o comunicador realizou trabalhos comerciais durante o período eleitoral. Por fim, em 2021, ele retornou ao posto de radialista na Nova FM, que emitiu uma nota de pesar ao falecimento do Bibi.

Ubiracyauri Lemos estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital e Maternidade Dr. Agenor Araújo (HMAA), desde o último dia 26.

Nenhuma postagem para exibir