Polícia Civil de MG divulga quem são as vítimas atingidas na queda do paredão em Capitólio

A vítima mais nova tinha 14 anos de idade; as mortes foram confirmadas neste domingo (9)

O Corpo de Bombeiros confirmou 10 vítimas fatais - Foto: Redes Sociais

A Polícia Civil de Minas Gerais divulgou quem são as vítimas que estavam em uma das lanchas atingidas na queda do paredão no Canyon de Furnas, em Capitólio (MG). A divulgação foi feita neste domingo (9).

Uma das vítimas era o adolescente de 14 anos, Geovany Gabriel Oliveira da Silva, sendo o mais jovem na embarcação, além dele estavam: Maicon Douglas, 24 anos, a namorada Camila da Silva, de 18 anos, Geovany Teixeira, de 37 anos e supostamente a mulher de 43 anos seria a senhora Carmem Pinheiro.

O casal Marlene Teixeira, de 57 anos e Sebastião Teixeira, de 67 anos, Julio Borges, de 68 anos. O piloto da lancha, Rodrigo Alves dos Anjos, de 40 anos, e outro homem, Thiago Silva, de 37 anos.

A tragédia

Na tarde de sábado (8) houve o desabamento de um pedaço de rocha, em uma altura de cerca de 5 metros, que atingiu quatro embarcações no lago de furnas, Capitólio, em Minas Gerais. Ao menos 30 pessoas foram levadas a hospitais na região e liberadas. As autoridades estimam que de 70 a 100 pessoas presenciaram a tragédia no local.

Sete pessoas foram encontradas sem vida no mesmo dia do acidente e uma oitava pessoa foi descoberta morta na manhã deste domingo (9). As autoridades encontraram mais dois corpos entre o final da manhã e o início da tarde.

Até o momento não se sabe ao certo o que pode ter provocado o acidente. A Polícia Civil e a Marinha informaram que um inquérito será instaurado para apurar as causas do deslizamento.

O prefeito de Capitólio, Cristiano Geraldo da Silva (Progressista), havia solicitado na manhã deste domingo (9) o fechamento de todos os pontos turísticos aquáticos da cidade. 

Nenhuma postagem para exibir