Paróquia de Franca leva golpe de estelionato e perde mais de R$ 8 mil

Golpista ligou três vezes solicitando recursos em nome da CPFL; Polícia Civil da cidade investiga o caso

Capelinha, em Franca, foi vítima d e golpe - Foto: Portal GCN
Continua depois da publicidade

A paróquia Nossa Senhora Aparecida, localizada em Franca, foi vítima de uma estelionatária que se passou por uma funcionária da CPFL nesta segunda-feira (10) e sofreu um prejuízo de mais de R$ 8 mil.

Segundo o Boletim de Ocorrência, a suposta funcionária da empresa de energia elétrica ligou para a igreja cobrando uma suposta dívida. Ela disse que que o relógio da igreja precisava ser trocado com urgência. A substituição custaria em torno de R$ 5.320, e o valor alto foi justificado por um atraso inventado pela criminosa, que ainda ameaçou deixar a paróquia sem energia por 20 dias caso a dívida não fosse paga.

Depois de convencer o tesoureiro e conseguir realizar o golpe com sucesso, a suposta funcionária pediu mais um depósito de R$ 2.6 mil horas depois do primeiro golpe, que teria que ser pago por conta de uma suposta multa por conta da não instalação do relógio.

Foi na terceira ligação que a vítima se deu conta que um crime estava acontecendo, quando foi solicitado mais um depósito no valor de R$ 4,6 mil. Esse depósito não foi feito.

O caso foi encaminhado para a Polícia Civil de Franca e até o momento a golpista não foi identificada e o dinheiro não foi recuperado. Ninguém foi preso.

Colaborou Antonio Melo