Mãe é acusada de espancar e matar filho de três anos

Caso aconteceu no bairro Bela Vista, em São Paulo, nesta segunda-feira

Foto: Redes Sociais

Uma mulher foi detida pela Polícia Militar, suspeita de espancar e matar o próprio filho, uma criança de três anos. O caso aconteceu no bairro Bela Vista, em São Paulo, nesta segunda-feira (10). A mãe da vítima foi internada em um hospital psiquiátrico após o ocorrido.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a tia-avó da criança, que mora no apartamento junto com a família, havia alimentado o menino Gael Nunes por volta das 7h e depois os dois assistiram televisão juntos. Mais tarde, o garoto decidiu ir até a cozinha onde sua mãe estava. 

No depoimento, a tia-avó disse que ouviu choros da criança, mas acreditou que ela estava pedindo colo à mãe. A mulher percebeu também barulhos de batidas logo depois que o garoto foi ao local, mas pensou que os sons vinham do apartamento ao lado. Foi só depois de ouvir vidros sendo quebrados que ela decidiu ir até a cozinha, onde encontrou o Gael deitado no chão, com vômito, coberto por uma toalha de mesa. 

A mulher perguntou à mãe da criança o que teria acontecido, mas esta não soube responder. A tia-avó ligou então para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que foi até o local prestar socorro à vítima e também acionou a Polícia Militar. 

A mãe de Gael foi levada a um hospital psiquiátrico, sob suspeita de que teria sido movida por um surto psicótico. De acordo com a tia-avó, a mulher já foi internada outras quatro vezes, porém ela não soube dizer o motivo das internações.

Em nota, a Santa Casa de São Paulo informou que Gael Nunes chegou na unidade em processo de reanimação pela equipe do SAMU e seguiu assim até ser constatada a sua morte. Já a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo disse que a mãe do menino foi encontrada em estado de choque e levada para um hospital psiquiátrico. 

O caso foi registrado pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher. 

Nenhuma postagem para exibir