Reprodução/Reuters

Boas notícias para os russos amantes de fast-food. Neste domingo (12), no Dia da Rússia, 15 restaurantes do antigo McDonald’s reabriram em Moscou, com direito a grandes filas na porta. Muitos russos estavam com saudade do McChicken.

  • Sob nova propriedade, a rede agora se chama “Vkusno & tochka” — em português, “saboroso e pronto”.

Por conta da guerra na Ucrânia, em maio, a rede americana de fast-food resolveu encerrar suas atividades no país. Até então, os restaurantes russos do McDonald’s respondiam por cerca de 9% do faturamento do grupo.

E agora, como fica? 

A operação se tornou totalmente russa e o novo proprietário garantiu que os 51 mil ex-funcionários do McDonald’s no país continuarão com seus empregos. 

Trata-se de uma nova empresa, com outra direção, mas a promessa é manter o ambiente, o sabor e a qualidade — mas sem o prefixo Mc. Resta saber se os novos donos vão conseguir replicar, de fato, o McDonald’s.

Pensando no todo: Desde que a guerra começou, quase 1.000 empresas reduziram suas operações na Rússia ou deixaram o país inteiramente, o que já custou mais de US$ 59 bilhões. O impacto foi grande.

Informações:The News