Justiça determina retratação de jovem que mentiu ter levado garota para motel

Lázaro Dias espalhou o boato de que teria mantido relações sexuais com Izabela Stelzer. Comprovada a mentira, ele precisou se desculpar nas redes sociais

Depois do ocorrido, Izabela procurou a polícia e o mentiroso foi chamado para depor Foto: Imagem ilustrativa / Reprodução

A mentira de um jovem do Espírito Santo virou caso de Justiça e a retratação tem feito sucesso na internet. Lázaro Dias, 26 anos, teve que se desculpar em suas redes sociais por uma história falsa que contou aos amigos – a de que teria mantido relações sexuais com Izabela Stelzer, de 22 anos. O “perdão pelo vacilo” – como são chamadas as retratações exigidas pela Justiça ou pela polícia na internet – foi publicado no Facebook e no Instagram de Lázaro nesta terça-feira (25).

Na publicação, ele deixou claro que “tudo não passou de sua invenção”. O boato começou em meados de maio do ano passado, quando o rapaz contou aos amigos que havia levado Izabela ao motel e mantido relações sexuais com ela. O relato foi espalhado por meio do WhatsApp.

Segundo o que o advogado de Izabela, Augusto Goldner, Lázaro chegou a forjar um print de uma conversa com a jovem, também pelo aplicativo de mensagens.

Depois do ocorrido, Izabela procurou a polícia e o mentiroso foi chamado para depor. Já na época, ele admitiu ter inventado a história. O inquérito foi encaminhado à Justiça. O desdobramento final veio nesta segunda-feira (22), quando uma audiência de conciliação determinou a publicação de uma retratação da história por parte de Lázaro em seus perfis nas redes sociais.

Ainda segundo o advogado, o acordo determinou que a publicação deve ficar em modo público no perfil de Lázaro no Facebook por tempo indeterminado. No Instagram, serão 30 dias em modo público, e depois mais 60 dias sem que a mensagem possa ser deletada.

O assunto se espalhou na internet e o pedido de desculpas teve mais de 22 mil reações no Facebook, além de quase 7 mil compartilhamentos. A maioria das interações elogiou a postura da Justiça.

Em seu perfil no Facebook, Izabela também compartilhou o pedido de desculpas de Lázaro e incentivou quem passa pela mesma situação a buscar ajuda: “Não deixem que caras como esse alimentem esse vício estranho e escroto de mentir e nos machucar para se auto vangloriar. Corram atrás da Justiça.” escreveu a jovem.

O advogado de Izabela ainda explicou que ela não pediu indenização por danos morais. A intenção era apenas que a mentira fosse desmentida publicamente.

Veja a publicação de Lázaro na íntegra:

“Eu LAZARO NASCENTES DIAS, em meados de maio/2016, afirmei para meus amigos que havia saído e tido relacionamento íntimo com IZABELA STELZER PAGIOLA. Esclareço, nesta oportunidade, assim como declarei na superintendência técnica da Polícia Civil e nos autos da queixa-crime nº 0017732-64.2016.8.08.0024, que nunca tive qualquer relação, íntima ou não, com a Sr. IZABELA e que tudo não passou de minha invenção. Utilizo esse espaço para me retratar publicamente e pedir desculpas a todos os envolvidos que se sentiram ofendidos pelos transtornos criados pela mentira que inventei, principalmente a ela, que foi diretamente atingida em sua honra, bem como, sua família e seu namorado.”

Veja a publicação de Izabela na íntegra:

“A gente nunca acha que vai acontecer com a gente, mas infelizmente ano passado eu também fui uma das escolhidas. Me deparei com montagem de conversa, com meu nome e minha foto, fofocas, coisas que eu nunca disse, palavras que nunca saíram da minha boca. Ele inventou que foi no motel comigo, contou para os amigos do meu namorado e o pior ainda mandou para eles print de supostas conversas entre a gente (que nunca existiram, que ele criou). Não o conhecia e ainda não o conheço mas ele entrou na minha vida como um pesadelo. Gerando para mim e para minha família uma dor inexplicável. Ver pessoas próximas a mim acreditando nessa mentira calculada e me julgando foi horrível. Mas graças a Deus, com o apoio da minha família, do meu namorado e dos amigos conseguimos provar a verdade. Obrigada a todos que me ajudaram e acreditaram em mim. Não deixem que caras como esse, alimentem esse vicio estranho e escroto de mentir e nos machucar para se auto vangloriar. Corram atras da justiça. A gente merece, e no final sempre vale a pena!”

Informações: GZH

Nenhuma postagem para exibir