Fora do ar há 4 dias, plataforma de currículos acadêmicos afirma ter identificado o problema e garante integridade dos dados

O comunicado foi feito por meio de nota divulgada nas redes sociais do CNPq

Foto: Herivelto Batista/ASCOM-MCTIC

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) afirmou, nesta terça-feira (27) que identificou o problema que causou indisponibilidade no sistema por quatro dias. O texto ainda garante que não houve perda de dados, bem como o processo de reparos já foi iniciado.

“O problema que causou a indisponibilidade dos sistemas já foi diagnosticado e os procedimentos para a sua reparação foram iniciados” e continua “não há perda de dados da Plataforma Lattes”.

Outro comunicado já havia sido publicado no sábado (24) por meio das redes sociais contando o problema. Na mensagem, o CNPq afirmava que não tinha prazo para que o problema fosse resolvido.

As plataformas afetadas foram a Carlos Chagas e a Lattes que abarca quatro sistemas, sendo eles os Currículos Lattes, Diretório de Grupos de Pesquisa, Diretório de Instituições e Extrator Lattes.

A última plataforma é usada para que cientistas, professores e pesquisadores registrem sua trajetória acadêmica e tenham acesso a bolsas de pesquisas, prestem concursos ou adentrem em alguma universidade.

Nesse sentido, ainda foi garantido que o pagamento de bolsas não será afetado. Contudo, ainda é um mistério o que causou o problema.

Nenhuma postagem para exibir