Família suspeita de envenenamento e quer exumar Louro José, diz jornalista

Informação foi dada pelo jornalista Leo Dias; Tom Veiga, intérprete do personagem, morreu em 1º de novembro no Rio

Tom Veiga, intérprete do personagem Louro José Foto: Redes Sociais

A família de Tom Veiga, intérprete do personagem Louro José, quer exumar o corpo do ator, que morreu em 1º de novembro do ano passado. Eles suspeitam que o ele tenha sido envenenado.

Veiga foi encontrado morto em sua casa, no Rio de Janeiro, no dia 1º de novembro e, segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML), a causa da morte teria sido um Acidente Vascular Cerebral. A informação sobre a exumação do corpo é do jornalista Leo Dias.

Segundo ele, a família começou a suspeitar da morte depois de perceberem que, três meses antes de morrer, Veiga incluiu Cybelle Hermínio da Costa Veiga, sua última ex-mulher, no seu testamento, dando a ela uma pensão vitalícia de R$ 18 mil.

Ele tentou, segundo a família, retirar o nome da ex do inventário, mas acabou morrendo 20 dias depois. Antes disso, chegou a instalar câmeras de segurança em sua casa, onde morava sozinho, e relatou a amigos que temia pela sua segurança.

Até o momento, Cybelle não se pronunciou sobre o caso.

Nenhuma postagem para exibir