Bandidos matam mulher durante assalto e incendeiam carro no litoral de SP

Crime ocorreu na noite de sábado (2), em Itanhaém, quando Alessandra Fagundes, 42, foi cercada por cinco suspeitos; vítima foi morta na frente dos pais

Alessandra Tomie Watanabe Kokubun Fagundes, 42, foi morta durante assalto no litoral de SP Foto: Arquivo pessoal

Uma mulher foi morta a tiros durante um assalto na praça Benedito Calixto, em Itanhaém, no litoral de São Paulo, na noite de sábado (2). Vítima foi abordada por cinco indivíduos e assassinada na frente dos pais. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Suspeitos conseguiram fugir. 

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 22h. Alessandra Tomie Watanabe Kokubun Fagundes, 42, foi até o local para visitar os pais, que são donos de um quiosque de pastéis e comida japonesa na região. Uma testemunha chegou a relatar que a vítima foi seguida pelo veículo dos assaltantes durante o trajeto. 

Ao estacionar próximo ao quiosque dos pais, Alessandra foi surpreendida por cinco bandidos que estavam em um VW Golf azul-marinho, azul marinho. A quadrilha anunciou o assalto, mas a vítima se recusou a entregar o carro, momento em que foi atingida por um disparo na cabeça e outro no abdômen. 

Os suspeitos ainda tiraram a vítima de dentro do veículo, roubaram o carro e o celular dela. Alessandra chegou a ser socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém, inconsciente, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Investigação 

A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas pela cidade a fim de localizar os bandidos. Momentos após o crime, a equipe foi acionada para uma ocorrência, onde o veículo da vítima foi encontrado pegando fogo na rua Vinte e Um, no bairro Bopiranga. 

Aos agentes, um morador daquela região relatou que o carro roubado quase colidiu com o veículo dele, na rua João Mariano Ferreira. A quadrilha chegou, inclusive, a apontar uma arma contra o homem e depois fugiram em alta velocidade, em direção a Peruíbe. 

.

O caso foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte), na Delegacia Seccional de Itanhaém. A Polícia Civil da cidade investiga o crime e busca localizar os suspeitos. 

Nenhuma postagem para exibir