Acesse também: NOVA BRASIL    TVTHATHI   DIFUSORAFM   79AM

AO VIVO

Rádio 79 AM

RIBEIRÃO PRETO – SP





Nenhum evento encontrado!

Agora aguenta

Como prevíamos há muito tempo, João Dória seria o vencedor das prévias do PSDB e, consequentemente, o candidato do partido à Presidência da República. Aécio e outros caciques tucanos não gostaram, mas essa é a cara do PSDB “moderno”. Quem bebeu da água de Montoro, Covas e cia, perdeu-se no tempo. O partido não é protagonista nacional desde Fernando Henrique. Foi vencido por Lula, Dilma e nem chegou a fazer cócegas em Bolsonaro. Agora Dória promete vingança. Vem com a faca nos dentes e sangue nos olhos. O difícil será convencer o eleitor. Mas Dória é uma raposa esperta. Vai abrir a caixa de ferramentas, colocar roupa de gari, vai comer buchada de bode, receber o santo no terreiro, ser batizado nas igrejas evangélicas, beijar o anel do Papa e, principalmente, desfilar como o rei da vacina, salvador da pátria, além de um caminhão de realizações que ele vem acumulando ao longo do tempo. Certamente vai comprar a roupa de Homem-Aranha e distribuir bondades pelo país. Eu repito, o show vai ser ótimo, só não sei se vai convencer a plateia. 

O queridinho da Faria Lima

Os jornais anunciam que a Faria Lima tem um novo amor: Sérgio Moro. Isso não deveria preocupar os outros candidatos, se não estivéssemos vivendo a crise econômica atual. Longe de qualquer insinuação de que a Faria Lima está preocupada e consternada com a pobreza e a desigualdade do Brasil. O que incomoda os terninhos Armani e Land Rover é a escassez de compradores nos mercados, nos produtos industrializados, na instabilidade dos mercados de capitais e no possível, mesmo que leve, empobrecimento de suas empresas. Pobreza é consequência. Faria Lima apostou em Guedes e se deu mal. Apostou na economia de mercado, no liberalismo e foi traída. Imperdoável. O populismo continuou tomando a cena. O Estado se metendo em tudo, isso sem contar o abandono aos velhos parceiros comerciais, como a China. A inflação voltou, o Câmbio disparou. Motivos mais do que suficientes para um divórcio da esfera governamental. Rei morto, rei posto. Moro tem ar de bom moço, tem pedigree, tem gente forte ao lado dele e, quem sabe, formar dupla com Dória. A Faria Lima está preparando o banquete, sem pé de galinha ou osso de segunda. 

- Advertisment -