Acesse também: THATHIFM    TVTHATHI   DIFUSORAFM   79AM

AO VIVO

THATHI FM – 91,3

RIBEIRÃO PRETO – SP





Nenhum evento encontrado!

Home Blog Parabólica Dia da caça, dia do caçador

Dia da caça, dia do caçador

NÃO BASTA SER SEXTA-FEIRA, É PRECISO ser 13. O Governo português decretou ainda ontem estado de guerra contra o novo Corona Vírus. Não quer perder o controle da doença dentro de seu território. As medidas que começam a vigorar a partir de segunda-feira são duras, porém necessárias. O primeiro ministro António Costa fez um desenho imaginário para alertar o português sobre a importância das medidas e a imperiosidade de obedece-las. Foi longe. Fechou escolas e discotecas.

LIMITOU FREQUÊNCIA EM LOJAS E restaurantes e mostrou que a fiscalização do país vai ser inclemente. Promete jogar duro nesses próximos 30 dias. Antes de se decidir pelas 39 medidas restritivas, António Costa passou o dia a conversar com o grupo gerencial de ministros e, na sequência, ouvir sugestões de todos os partidos políticos que têm acento na Assembleia Nacional. O estado de alerta é imediato, já está em vigência. Portugal luta pela sobrevivência, decretou o primeiro ministro.

EM TODA A EUROPA, AS MEDIDAS não são tão diferentes. Com exceção da Inglaterra, os demais países já tinham suspensos muitas de suas atividades coletivas. Os ingleses, por exemplo, optaram por não interromper o milionário campeonato nacional de futebol. Suspendeu o público, os jogos estão sendo realizados de portões fechados. Itália, França, Espanha e agora Portugal atenderam sugestão da UEFA: para tudo.

DUAS CELEBRIDADES PORTUGUESAS estão de quarentena. O presidente Marcelo Rebelo que cumpre afastamento público em sua residência oficial, depois de se abraçar com crianças de uma escola onde o vírus fez morada; e o premiadíssimo Cristiano Ronaldo, em sua casa de sete andares na Ilha da Madeira; também após convívio com jogadores de sua equipa, a Juventus, na Itália, e um deles acusar positivo para o novo Corona Vírus no exame de sangue.

NAS RUAS E EM OUTROS LOCAIS DE concentração popular, ainda não se sente o verdadeiro sentimento da população. Nas farmácias isso pode ser aferido de forma mais direta. Não há – em nenhuma delas – estoque suficiente de álcool gel ou de máscaras medicinais. As fabricantes não dão conta da produção em série. O Governo, no entanto, garante que não haverá problema de abastecimento. A todo momento assegura que ‘não é preciso estocar alimentos ou produtos de limpeza’.

NÃO É O CASO DE ALGUNS SUPERMERCADOS. O Continente – um dos gigantes aqui em Portugal – tem parte de suas prateleiras vazias, e os funcionários não estão instruídos a sustentar o que diz o governo. Notícia boa aos trabalhadores: o Governo promete reembolsar prejuízos salarias em decorrência do COVID 19. E anunciou a contratação imediata de mais médicos – estima-se em número de mil – já que existe a certeza de que o número de infectados vá aumentar substancialmente nos próximos dias.

José Fernando Chiavenato
Jornalista e escritor