Acesse também: NOVA BRASIL    TVTHATHI   DIFUSORAFM   79AM

AO VIVO

Rádio 79 AM

RIBEIRÃO PRETO – SP





Nenhum evento encontrado!

HomeBlogFutebol CaipiraTécnico Renato Peixe avisa que EC São Bernardo vai brigar pelo título...

Técnico Renato Peixe avisa que EC São Bernardo vai brigar pelo título da Série A3 do Paulista

Do céu ao inferno muito rápido. Assim foram as últimas temporadas no Esporte Clube São Bernardo. Em 2020, a equipe foi vice-campeã da Série A3 (Terceira Divisão) e subiu para Série A2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista. Mas, em 2021, decepcionou e foi rebaixado para o terceiro piso do futebol estadual.

Mas, em 2022, novamente com o comando do técnico Renato Peixe, que subiu em 2020, o EC São Bernardo, o popular Cachorrão, promete a volta por cima na Série A3 outra vez. E já vem trabalhando forte com o grupo neste início de dezembro, embora a competição esteja marcada para começar apenas na última semana de janeiro. 

“A prioridade é dar atenção para a parte física neste começo para deixar os atletas no mesmo nível. Isso tudo para facilitar nas questões táticas e técnicas posteriormente. Temos que chegar no auge nesses quesitos por conta da dificuldade do torneio´´, disse Peixe.

O treinador, que já comandou o Cachorrão em 59 oportunidades (sendo o maior do século), terá a Matonense como adversário de estreia, fora de casa, no dia 30 de janeiro. Pensando nisso, ele aproveitou para destacar a igualdade dos clubes na competição.

“Vai ser um torneio muito acirrado. São equipes com qualidades e vejo todas com condições de brigar pelo acesso. Acredito que essa base que está sendo construída e nossas condições físicas irão fazer a diferença lá na frente, na briga pelo acesso´´, completou o comandante do Cachorrão.

Fonte: assessoria de imprensa do EC São Bernardo

- Advertisment -
Luiz Ademar
Jornalista formado, iniciei na Ex-Folha Metropolitana (Guarulhos), em 1991, onde me apaixonei pelo ``Futebol Caipira´´. Em 92, fui convidado para trabalhar no Diário Popular (que depois virou Diário de São Paulo) e rodar pelo Interior de São Paulo atrás de matérias especiais. Um festival de grandes histórias. Passagens pelo Lance, Globoesporte.com, Rádios Capital AM e Tropical FM, SporTV/PFC, Grupo Thathi, DAZN e MyCujoo. No jornal Arquibancada, de Curitiba, e no jornal Movimento, de Pirassununga, fui colunista com o ``Futebol Caipira´´