Vacinação contra Influenza tem público-alvo ampliado em Birigui e Penápolis

A vacina da gripe é trivalente e protege contra o vírus influenza A (H1N1), a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin, que causou os surtos localizados no final do passado.

A Prefeitura de Birigui (SP), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, começou ontem (10/05) a vacinação de pessoas com comorbidades e com deficiência permanente podem procurar as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) contra a Influenza (gripe). O imunizante é aplicado nos postos de saúde de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. E também no drive-thru do Terminal Rodoviário às quartas-feiras, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h às 13h. É necessário apresentar RG e comprovante da doença crônica para se vacinar.

A vacinação segue também para os idosos acima de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), profissionais da saúde, e professores da rede pública e privada de ensino. É necessário apresentar documento de identificação com foto e a carteirinha de vacinação. Para os profissionais de saúde e da educação é exigido também documento que comprove o vínculo empregatício. Grávidas devem levar cartão do pré-natal e, no caso das puérperas, o registro de nascimento da criança.

A vacina da gripe é trivalente e protege contra o vírus influenza A (H1N1), a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin, que causou os surtos localizados no final do passado. Crianças de 6 meses a menores de 5 anos e profissionais da saúde também estão sendo vacinados contra o sarampo em todas as UBSs.

Conforme balanço divulgado pela Secretaria de Saúde, até o momento foram aplicadas 12.880 doses da vacina contra a gripe, sendo imunizados 9.643 idosos acima de 60 anos, 1.073 crianças, 1.616 profissionais da saúde, 308 professores, 205 gestantes e 35 puérperas.

Penápolis

A vacinação contra a gripe também teve o público-alvo ampliado em Penápolis (SP). Professores, pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente podem se vacinar contra a gripe nas Macros de Saúde I, II e III, das 8h às 16h – em Penápolis, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) recebem o nome de Macros. Para se vacinar, o cidadão tem que levar documento pessoal e carteirinha de vacinação e procurar uma das Macros mais próxima de sua residência.

Além do novo público, a vacinação da gripe está liberada para idosos a partir de 60 anos, profissionais da saúde, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto). A meta de cobertura contra a gripe é de 90%.

A vacina contra a gripe é importante para reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções causadas pelo vírus da influenza. Vale ressaltar que não é mais preciso que haja um intervalo entre a dose da vacina contra a influenza e a dose contra a Covid-19, como ocorria anteriormente. Portanto, as duas vacinas podem ser administradas nos idosos simultaneamente.

Em geral, se a pessoa estiver com febre moderada ou grave ou algum sintoma gripal e respiratório, deve reprogramar a vacinação até os sintomas passarem e estiver plenamente recuperada. Isso ocorre com todas as vacinas para evitar que as manifestações da doença se confundam com a imunização.

Quem teve diagnóstico positivo para Covid-19 deve aguardar quatro semanas, após o início dos sintomas ou a partir da data de diagnóstico.

Postos de vacinação de Penápolis

– Macro I (avenida Euclides Garcia do Nascimento 546, Jardim Eldorado);

– Macro II (avenida Expedicionário Diogo Garcia Martins 99, Centro);

– Macro III (avenida Carlos Casela 822, Santa Terezinha).

Nenhuma postagem para exibir