Hospital Unimed Araçatuba registra grande aumento em casos de síndrome respiratória, dengue e covid-19

Houve a necessidade de ampliação emergencial e a separação dos casos suspeitos para síndrome respiratória e outras doenças.

No Hospital Unimed Araçatuba (SP) houve aumento significativo de casos de síndrome respiratória, dengue e covid-19. Para atender a demanda, a estrutura física do Pronto Atendimento (PA) precisou ser alterada. Houve a necessidade de ampliação emergencial e a separação dos casos suspeitos para síndrome respiratória e outras doenças.

Em relação ao atendimento pediátrico, a Unimed Araçatuba afirma que não vem medindo esforços para a contratação de novos médicos. A cooperativa afirma em nota que espera que neste mês possa contar com dois plantonistas exclusivos na pediatria por 24 horas.

A instituição argumenta que houve aumento muito grande nos atendimentos pediátricos no Pronto Atendimento e nos Consultórios Médicos desde o início de janeiro, e aumento das síndromes respiratórias em crianças.

Entretanto, dados estatísticos do movimento do PA demonstram que apenas 15% dos casos correspondem a urgência e emergência, com os outros 85% sendo classificados como pouco urgente e mesmo sem urgência.

Por isso, a Unimed Araçatuba orienta aos pacientes com casos que não se enquadram em urgência ou emergência, que primeiro tentem agendar com o médico, reduzindo a demanda de consultas no PA e, consequentemente, menor tempo de espera.

Manifestações por parte do beneficiário do plano de saúde podem ser realizadas nos canais oficiais de comunicação: www.unimedaracatuba.coop.br/ouvidoria

Nenhuma postagem para exibir