Araçatuba e Birigui voltam a registrar mortes por complicações causadas pela Covid-19

Ambas as cidades registraram as mortes no último sábado (11)

Um homem de 76 anos, que estava internado desde o último dia 26 na Santa Casa de Araçatuba (SP), é a primeira morte confirmada em dezembro de morador da cidade infectado pelo coronavírus. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o óbito foi constatado por volta das 23h30 de sábado (11).

Esse falecimento é o de número 879 na cidade desde o início da pandemia. Araçatuba soma 29.260 casos confirmados de covid-19, sendo que quatro diagnósticos foram confirmados entre sexta-feira e ontem. Até agora, 28.378 pessoas que contraíram a doença são consideradas curadas.

Em Birigui (SP), também foi confirmada mais uma morte por complicações da covid-19. Um homem de 82 anos morreu no sábado (11) na Santa Casa de Araçatuba. Ele estava internado desde o dia 22 de novembro e tinha doença cardiovascular crônica. A cidade contabiliza 612 óbitos desde o início da pandemia. O município contabiliza 20.598 casos positivos da doença.

Vacinação

A Secretaria Municipal de Saúde de Araçatuba continua nesta semana a ação de intensificação para vacinar as pessoas que ainda não tomaram a 1ª, 2ª ou 3ª dose contra a Covid-19. A vacinação itinerante foi realizada na semana passada e ocorre novamente nesta semana até sexta-feira (17), em diversos pontos da cidade.

Confira a programação:

– Terça, 14/12 – Supermercado Rondon – Ipanema (Loja 3), das 9h às 19h
– Quarta, 15/12 – Supermercado Rondon – Umuarama (Loja 4), das 9h às 19h
– Quinta, 16/12 – Loja Havan, das 9h às 19h
– Sexta, 17/12 – Super Muffato, das 9h às 19h

Também há vacinação no posto itinerante do Calçadão da Marechal Deodoro, também até o dia 17, das 9h às 18h. E o posto de vacinação fixo, no Hospital Municipal (antigo Hospital da Mulher), atende de segunda a sexta-feira, 8h às 19h. O hospital fica na rua Sacadura Cabral, 471.

Birigui segue com a aplicação da 1ª, 2ª e 3ª doses contra a covid-19. A vacinação ocorre nas UBSs dos bairros Vila Bandeirantes, Toselar, Santana e Portal da Pérola 2, de segunda a sexta-feira, das 10h às 14h. As doses são aplicadas também no drive-thru do Terminal Rodoviário todas as quartas-feiras, das 15h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h.

Conforme a secretaria municipal de Saúde, até o momento, 96.005 pessoas foram vacinadas com a primeira dose. Destas, 87.003 biriguienses receberam as duas doses. De acordo com o “Vacinômetro”, 3.528 pessoas receberam a dose única da Janssen e 13.881 a dose de reforço, totalizando mais de 200 mil doses aplicadas no município.

A 2ª dose da Pfizer é aplicada com intervalo de 21 dias para pessoas com 18 anos ou mais. Para adolescentes entre 12 e 17 anos, a 2ª dose é aplicada com 56 dias. O intervalo entre a 1ª e 2ª dose da Coronavac é de 28 dias e da AstraZeneca de 56 dias.

Já a dose adicional deve ser aplicada com intervalo de 4 meses (122 dias) para maiores de 18 anos que tomaram as vacinas Coronavac, AstraZeneca e da Pfizer. Todas as pessoas aptas a receberam a 3ª dose devem apresentar o RG, CPF e o cartão de vacinação com as duas doses.

Quem foi vacinado contra a covid-19 com a marca da Janssen pode tomar a 2ª dose desde que tenha completado o intervalo de dois meses (61 dias) da dose única. Na indisponibilidade da Janssen, a secretaria está usando a Pfizer, conforme orientação técnica do Ministério da Saúde.

Nenhuma postagem para exibir