APDA realiza mutirão social em Araçatuba

As cirurgias tiveram custo simbólico de R$ 50 e foram realizadas entre os dias 29 de novembro e 10 de dezembro

A Ong (Organização Não Governamental) Associação de Proteção dos Animais (APDA) de Araçatuba (SP) realizou mutirão social e castrou 312 gatos abrigados por famílias de baixa renda da cidade.

As cirurgias tiveram custo simbólico de R$ 50 e foram realizadas entre os dias 29 de novembro e 10 de dezembro, numa clínica particular, parceira do projeto, localizada no bairro Saudade.

De acordo com a médica veterinária que realizou os procedimentos, Giorgia Estevam, foram castrados tanto machos quanto fêmeas. O mutirão foi divulgado nas redes sociais da Ong e as pessoas manifestaram interesse. A partir daí, houve o agendamento.

Giorgia explica que, apesar de ser grande a gama de animais abandonados nesta época do ano, os felinos são os que tem maior representatividade nesse cenário devido a rapidez do seu ciclo de reprodução. “As fêmeas têm cio a cada dois meses, com gestação média de 60 dias. As fêmeas que nascem dessas ninhadas, em seis meses também já estão aptas a ficarem prenhas”, completou.

A veterinária também salientou a dificuldade de manejo com os felinos. “Não é fácil conter esses animais. Mas voluntários nos ajudam nesse processo de captura para castração. Embora me sinta enxugando gelo, é preciso fazer. O quanto mais melhor, para tentar controlar esse aumento populacional descontrolado”, comenta.

*Com informações do site 018 News.

Nenhuma postagem para exibir