Mais de 37% das mulheres faltam à mamografia pelo SUS em Araçatuba

De acordo com a administração municipal, há oferta de mamografia no Centro de Especialidade de Saúde Auxilium, de segunda a sexta

A rede pública municipal de saúde de Araçatuba (SP) deixou de realizar mais de 37% dos exames marcados de mamografia nos quatro primeiros meses deste ano. Setecentas e trinta e uma pacientes chegaram a confirmar por telefone que compareceriam ao posto de atendimento, mas faltaram ao procedimento. Neste período, foram atendidas outras 1.973 mulheres.

Este procedimento é importante para detectar doenças, como o câncer de mama. A Secretaria Municipal de Saúde destaca que no mês de março chegou a fazer campanha para incentivar as mulheres a realizar os exames. Também diz que, paralelamente, há oferta contínua de exames. Essa situação causa outro problema: as mulheres que faltam às consultas tiram o espaço que poderia ser atendida.

De acordo com a administração municipal, há oferta de mamografia no Centro de Especialidade de Saúde Auxilium, de segunda a sexta. Em datas especiais organizamos agendas aos sábados e até 19h. As UBSs (unidades Básicas de Saúde) encaminham e marcam as consultas em comum acordo com as pacientes para evitar essas faltas, mesmo assim o número é muito grande. Um exame de mamografia, em clínicas privadas, hoje custa em torno de R$ 180.

Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), no ano passado o câncer de mama atingiu 66.280 mulheres no Brasil, o que representa 29,7% do total de câncer registrados entre as mulheres em 2021.

Nenhuma postagem para exibir