Instituto Butantan fará mapeamento da Covid-19 em Araçatuba

Além de Araçatuba, mais treze municípios serão mapeados: Avanhandava, Andradina, Barbosa, Birigui, Buritama, Glicério, Guararapes, Ilha Solteira, Mirandópolis, Penápolis, Pereira Barreto, Suzanápolis e Valparaíso

Médico manipula teste de coronavírus - Foto: Thomas Peter/Reuters

Na próxima segunda-feira (11), o Lab Móvel do Instituto Butantan estará em Araçatuba (SP). O laboratório itinerante ficará na praça Rui Barbosa até o dia 25 deste mês. Nele é feito o mapeamento e o sequenciamento do vírus Sars-Cov-2.

O objetivo é acelerar o processo de testagem dos casos suspeitos de Covid-19 e sequenciamento das variantes que circulam na cidade e na região. Além de Araçatuba, mais treze municípios serão mapeados: Avanhandava, Andradina, Barbosa, Birigui, Buritama, Glicério, Guararapes, Ilha Solteira, Mirandópolis, Penápolis, Pereira Barreto, Suzanápolis e Valparaíso.

As amostras serão coletadas em Unidades Básicas de Saúde (ubss) e encaminhadas ao laboratório itinerante. Com as análises realizadas dentro do Lab Móvel é possível obter o resultado em até 24 horas (a partir do momento em que as amostras chegam ao container). Em seguida, inicia-se o sequenciamento, que pode durar de três a seis dias. Atualmente, fora do container itinerário, todo o processo entre a testagem de amostras e o sequenciamento de variantes pode durar de 10 a 12 dias.

Os moradores de Araçatuba poderão acompanhar de perto os trabalhos dos pesquisadores. isso porque a estrutura do veículo, de mais de 12 metros de comprimento e quase 3 metros de altura, conta com uma parte de vidro que permite a observação dos procedimentos realizados pelos cientistas. o lab móvel vai funcionar das 8h às 17h.

O investimento total no veículo e equipamentos foi de R$3 milhões. No contêiner, os especialistas realizam o diagnóstico e, então, separam as amostras positivas para iniciar o sequenciamento e identificar as variantes. O sequenciamento é necessário porque os vírus sofrem mutações, ou seja, alterações em seus códigos genéticos, gerando variantes.

Nenhuma postagem para exibir