Araçatuba recebe cabine de biossegurança para retomar exames que detectam doenças pulmonares

A cabine é usada para o diagnóstico de doenças pulmonares crônicas

Até o dia 10 de dezembro, Araçatuba (SP) conta com uma cabine de biossegurança para a realização de exames de espirometria. Esses exames auxiliam no diagnóstico preciso de doenças pulmonares crônicas. A ação é uma parceria da empresa Boehringer Ingelheim com a Secretaria Municipal de Saúde Araçatuba. O equipamento está instalado na Rua Joaquim Cândido, 982.

Desde o início da pandemia, em função do alto risco de contágio por Covid-19, essa avaliação passou a ser recomendada apenas em casos extremamente necessários, atrasando o diagnóstico de doenças como asma e Doenças Pulmonares Obstrutivas Crônicas. A cabine de biossegurança tem como objetivo criar uma proteção extra para todos os envolvidos no processo do exame. O equipamento conta com dois filtros que permitem eliminar 99,9% de vírus e bactérias, purificando assim todo o ar que entra e sai da cabine em apenas um minuto.

 A espirometria é um exame em que o paciente assopra em um aparelho para medir a sua capacidade e a função pulmonar, podendo disseminar aerossóis – contendo micoroorganismos tais como bactérias e o coronavírus Sars-CoV-2 (causador da COVID-19). A cabine é completamente fechada e o isolamento e a filtragem do ar reduzem o risco de contaminação para técnicos, médicos e demais pacientes.

 Programa AbraçAR

 A solução chega como uma alternativa portátil para reduzir a fila de pessoas já cadastradas no SUS (Sistema Único de Saúde) elegíveis para a realização do teste e auxiliar no diagnóstico e avaliação da sequela pulmonar pós-covid 19. A expectativa é atender 120 pacientes que já tenham o pedido de espirometria.

 A doença pulmonar obstrutiva crônica é uma condição progressiva e séria que limita o fluxo de ar nos pulmões. O problema afeta a qualidade de vida dos pacientes, por produzir sintomas como tosse crônica, expectoração e falta de ar, que muitas vezes impedem a realização de atividades básicas do dia a dia. No Brasil, quatro brasileiros morrem por hora, 96 por dia e 40 mil todos os anos em decorrência da doença pulmonar obstrutiva crônica.

 O tabagismo é o principal fator de risco para a doença, seguido de exposição ocupacional e ambiental envolvendo vapores químicos, poeira e outras partículas que provocam irritação pulmonar

 A cabine de espirometria faz parte do Programa AbraçAR, uma iniciativa da Boehringer Ingelheim do Brasil na prestação de serviços à saúde respiratória brasileira. Desde 2012, a companhia realiza gratuitamente, em parceria com secretarias municipais, estaduais e instituições de saúde, exames de espirometria de acordo com a solicitação e a autorização dos serviços, além de promover programas de capacitação de agentes e profissionais de saúde.