Moradores em Araçatuba e Birigui relatam novos golpes nas duas cidades

Golpistas estão usando o nome do Corpo de Bombeiros e da CDHU para enganar e lesar cidadãos

Imagem Ilustrativa Foto: Pexels

Nos últimos dias, moradores em Araçatuba e Birigui registraram boletins de ocorrência relatando que caíram em novos golpes que estão sendo aplicados nas duas cidades. Um representante do Corpo de Bombeiros de Araçatuba registrou boletim de ocorrência denunciando que o nome da corporação está sendo usado para aplicar um golpe.

Pessoas estariam enviando mensagens pelo whatsapp, identificando-se como bombeiro de Araçatuba, e vendendo jogos e celulares. Nos últimos dias, os bombeiros receberam cinco telefonemas de vítimas que receberam mensagens, informando sobre o golpe. Uma das vítimas disse que perdeu R$ 1,3 mil ao fazer uma compra e não receber o produto. De acordo com a polícia civil, o caso será investigado.

Birigui

Já em Birigui, a CDHU fez um alerta para os moradores do bairro João Crevelaro. Golpistas estão enviando cartas pelo correio para fazer cobranças falsas e oferecer acordos fictícios com grandes descontos para saldar dívidas. Segundo a companhia, os estelionatários estão se passando por um escritório de advocacia desconhecido para oferecer descontos de até 60% no pagamento de dívidas.

A carta pede ainda para entrar em contato por um whatsapp que não é o da CDHU para fechar o acordo. A companhia informa que os seus boletos são emitidos apenas pela caixa econômica federal ou banco do brasil, cujos códigos de barras começam com 104 ou 001. A companhia também reforça que não negocia nem envia boletos por whatsapp, nem solicita qualquer tipo de depósito, transferência bancária ou pix.

Em birigui, os únicos agentes da CDHU autorizados a fazer cobranças são os técnicos Marcos Christini e Cintia Christini. Caso os moradores do João Crevelaro recebam alguma carta com cobrança duvidosa, a orientação é que não façam qualquer pagamento e registrem um boletim de ocorrência, mesmo que não tenham caído no golpe.

Em caso de dúvidas, os mutuários devem entrar em contato pelo telefone (18) 3303-7511.

Nenhuma postagem para exibir