Exportações de produtos de Birigui crescem 232,5% e alcançam 23 países em setembro

Birigui exportou em setembro US$ 3,8 milhões - o que representa pouco mais de R$ 21,2 milhões

Exportações tiveram alta em Birigui - Foto: Divulgação

Birigui exportou em setembro US$ 3.774.522 – o que representa pouco mais de R$ 21,2 milhões – apresentando crescimento de 232,5% em relação ao mesmo mês do ano passado. No ranking dos principais produtos, o destaque é para transformadores elétricos, com vendas de US$ 1,4 milhão, ou R$ R$ 7,8 milhões, ou 37,2% do total exportado pela cidade.

Com o resultado, o município obteve um superávit comercial de US$ 1,1 milhão (R$ 5,7 milhões). As importações totalizaram US$ 2,7 milhões (R$ 15,4 milhões) no mês passado. As informações são do Ministério da Economia e foram compiladas pelo observatório de inteligência econômica da Prefeitura de Birigui.

Outro destaque foi o número de países alcançados pelas exportações biriguienses. Foram 23 países em setembro de 2021 que receberam os produtos das empresas locais, ante os 19 países compradores no mesmo período do ano passado, aumento de 21,5%.

Dados

Conforme a SDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), os principais países compradores dos produtos locais no mês de setembro foram: China (24,40%); Colômbia (16,6%); Bolívia (16,5%); Chile (8,6%) e Argentina (6,0%).

O segundo produto mais vendido foi soja, totalizando 921 mil dólares, ou R$ 5,2 milhões (24,4% do total exportado); seguido por calçados com sola exterior e parte superior de borracha ou plástico, totalizando US$ 599,9 mil, ou R$ 3,4 milhões, (15,9%) e máquinas e aparelhos para agricultura, com US$ 499,7 mil (13,2%, ou R$ 2,7 milhões).

Vista aérea de Birigui, no Nordeste Paulista – Foto: Divulgação

No acumulado do ano, as exportações alcançaram o valor de US$ 20,4 milhões (R$ 115 milhões) e as importações US$ 10,9 milhões (R$ 61 milhões), resultando em superávit comercial de US$ 9,5 milhões (R$ 53,4 milhões). As exportações tiveram crescimento de 10,9% entre janeiro e setembro desse ano, diante o mesmo período do ano passado.

Análise

Para o prefeito Leandro Maffeis, os resultados mostram o crescimento da inserção internacional dos produtos biriguienses, refletindo o potencial empreendedor local em um contexto de ampliação dos mercados. “isso traz boas perspectivas para a geração de empregos e renda”, comentou.

O projeto observatório de inteligência econômica é uma estrutura responsável por realizar estudos e pesquisas econômicas e acompanhar a evolução dos indicadores econômicos da cidade. Os relatórios divulgados pela sde estão disponíveis no site sedecti.org.

Nenhuma postagem para exibir