Alta do dólar impulsiona preço dos alimentos

Bacalhau e castanhas estão mais caros

0

O preço do dólar atingiu mais de R$ 4, maior índice em quase três anos. Alguns produtos cotados com base no mercado finaceiro internacional foram influenciados como o arroz, o feijão e o petróleo. No Mercadão Municipal de Ribeirão Preto, alguns alimentos tiveram os valores reajustados, como o bacalhau e as castanhas.

Proprietário de um box, Cleiton Daniel explica que a alternativa para os consumidores é substituir. “Levar aqueles que mantiveram os preços, como o damasco, uva passa, ameixa, pode ser uma boa opção, complementa”. Com a disparada no dólar, e a necessidade de repor o estoque, na próxima compra o preço deverá ser repassado ao consumidor.

Reportagem: Désirée Teixeira

Deixe uma Resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui