Vídeo| Equipe de reportagem da Thathi é impedida de registrar atendimento na UPA Cuiabá

Emissora recebeu reclamações sobre demora excessiva no acolhimento e assistência aos pacientes

Equipe da emissora não pôde conversar com pacientes dentro da unidade

Depois de receber uma informação sobre a demora ou a dificuldade no atendimento a pacientes que procuram a UPA Cuiabá, a equipe de reportagem da TV Thathi deslocou-se à Unidade, no sentido de retratar o que, de fato, estava acontecendo.

Assim que chegou, a equipe foi procurada por pacientes que aguardavam desde o início da madrugada por atendimento. Segundo essas pessoas, os atrasos são rotineiros, gerando não somente insatisfação, como também risco à própria vida.

Uma das denunciantes, alegou que estava sentindo fortes dores no braço esquerdo, com sensação de formigamento no local e na boca. Segundo ela, o atendimento foi demorado, inclusive com a necessidade de fazer dois eletrocardiogramas, já que o primeiro aparelho havia apresentado falha de execução. Depois de mais de três horas de espera, nada havia sido feito e os sintomas continuavam.

Quando a reportagem procurou a gerência da Unidade para saber o que estava ocorrendo, um segurança impediu a entrada da equipe, bem como a expulsou do local, num claro ato de violência e impedimento ao trabalho jornalístico.

Em nota, a Secretaria da Saúde do Município disse que o quadro do pessoal da UPA Cuiabá estava completo, e que a alta demanda era a responsável pelos atrasos, contrariando o que relatavam os pacientes ouvidos. Alguns desses disseram que o intervalo para “descanso” dos médicos era longo.

Veja o vídeo que mostra trecho da reportagem:

Nenhuma postagem para exibir