Sindicato dos Servidores pede reajuste de 6,18% em Ribeirão

Pedidos foram encaminhados; prefeitura diz que irá fazer propostas levando em conta situação das finanças da cidade

Servidores durante assembleia - Foto: Divulgação/Sindicato dos Servidores

Os servidores municipais aprovaram, em assembleia na sede do Sindicato, um pedido de reajuste no valor de 6,18%, além de cláusulas não-financeiras. O percentual foi aprovado também para o vale-alimentação e para a cesta-básica de aposentados e pensionistas.

O presidente do Sindicato, Laerte Carlos Augusto, explica que o reajuste deverá ser retroativo a 1º de março, data base da categoria. “O índice é referente aos 4,48% de reposição da inflação, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais uma aumento real de 1,7%”, disse.

Em nota, a prefeitura informou que aguarda a formalização da pauta do Sindicato para manifestação e que sua proposta será feita “considerando a realidade fiscal e orçamentária” do município.

Mais reivindicação

Outras reivindicações inerentes a cada categoria também foram cobradas do governo. As reivindicações visam diretamente melhoria nas condições de trabalho e melhores serviços prestados para a população, consequentemente. Itens gerais, comuns a todos os servidores também foram aprovados pelos presentes na assembleia geral.

“Ribeirão é a potência que é por conta dos nossos servidores, que prestam excelentes serviços aos munícipes. Se a cidade não está melhor e por falta de investimento dos governantes no setor público e por falta de reconhecimento à categoria. Temos orçamento, temos ótimos profissionais, só nos falta investimentos para nos tornarmos uma das melhores cidades do país”, finalizou Laerte.